Os ETFs mais populares para independência financeira (FIRE) — e alternativas melhores para brasileiros

No universo de pessoas interessadas na independência financeira (FIRE), os fundos passivos negociados em bolsa VT, VTI e VXUS estão entre os mais populares.

Por incluírem empresas de todos os tamanhos, vários setores e quase todas as geografias é possível — em uma tacada — investir em milhares de empresas de forma ultra diversificada.

O VT segue o índice FTSE Global All Cap, que inclui 9370 empresas de todos os setores, tamanhos e geografias. É o maior e mais diversificado índice acessível por um ETF (fundo negociado em bolsa).

O VTI segue o índice CRSP US Total Market. Este índice contém quase 100% das empresas que fazem parte do mercado de ações dos Estado Unidos. Especificamente, 3980 empresas, de todos os setores, compõe este índice.

Já o VXUS segue o índice FTSE Global All Cap ex US — similar ao FTSE Global All Cap, mas sem empresas americanas. Este índice contém 7546 empresas.

Muitas pessoas atingem a sua independência financeira (FIRE) investindo apenas no VT. Uma expressão muito comum nos fóruns de discussão sobre FIRE é “VT and chill“, que significa comprar cotas do VT e viver com a serenidade de uma pessoa que não precisa se estressar com os noticiários — quase sempre apocalípticos — que cobrem os mercados financeiros.

Artista: @corgiyolk

Porém, Estados Unidos é um país que divide opiniões. Algumas pessoas, como o colega Otávio Paranhos, não curtem muito. Já esta capivara gosta dos EUA. Enfim, qualquer dia farei um texto explorando mais este dilema.

Por este motivo, os fundos VTI e VXUS existem como alternativas ao VT para os investidores que querem aumentar ou diminuir sua concentração no mercado americano. Lembrando que as ações dos EUA representam cerca de 60% do VT.


Alternativas melhores para brasileiros:

O leitor assíduo deste site já sabe que os ETFs domiciliados nos EUA, como os três citados acima, não são os mais vantajosos para os brasileiros. Para nós, os melhores são os ETFs de acumulação domiciliados na Irlanda.

Recomendo ler este verbete do wiki do Bogleheads para saber mais. Além das vantagens mencionadas no verbete, para os brasileiros ainda há a vantagem extra da isenção do imposto sobre ganho de capital para vendas de até 35 mil reais por mês.

Recordo que brasileiros podem ter acesso a esses ETFs pelas Corretoras Interactive Brokers ou Tradestation Global, sendo a primeira a mais barata.

Alternativa ao VT:

O ETF VWRA segue o índice FTSE All-World, similar ao índice seguido pelo VT — o FTSE Global All Cap.

Outros ETFs irlandeses populares são o IWDA e o EIMI. Eles seguem os índices MSCI Word e MSCI Emerging Markets, respectivamente. Na proporção 88% IWDA e 12% EIMI são similares ao VWRA ou VT.

Alternativas ao VTI:

Caso queira aumentar a concentração nos EUA tem sempre o CSPX ou VUAA — que seguem o S&P 500. Há também o XD9U, que segue o MSCI USA. Estes fundos são similares ao VTI.

Neste momento (2021), não existem fundos irlandeses similares ao VXUS, que englobam simultaneamente países desenvolvidos e emergentes, mas excluam os EUA.

Uma pequena diferença dos ETFs citados acima — em relação ao VT, VTI e VXUS — é que eles não incluem empresas pequenas (small-caps). Para small-caps americanas existem os fundos R2US, XRSU ou CUSS.

Você precisa ter small-caps na sua carteira? Na minha humilde opinião: não. Escreverei mais sobre isso em breve.

Outra diferença entre o VT, VTI e VXUS e os ETFs irlandeses citados é que os fundos irlandeses acumulam automaticamente os dividendos. Isso é vantajoso do ponto de vista fiscal e da simplicidade na declaração do imposto de renda. Só precisa declarar na declaração de ajuste anual ou quando vender mais de 35 mil reais em um mês.

Por serem acumuladoras, o preço das cotas do fundo aumentam de valor mais rápido quando comparadas as de um fundo equivalente que distribui dividendos.

Lembrando que não é necessário receber dividendos para ter renda passiva. Com um fundo acumulador você está — na prática — recebendo dividendos, contudo eles estão sendo automaticamente acumulados pelo fundo para a sua conveniência. Quando precisar de renda você pode simplesmente vender algumas cotas.

Fundos que distribuem dividendos só fazem sentido para pessoas que moram em países com menos imposto sobre dividendos do que sobre ganho de capital, o que não é o caso do Brasil para dividendos recebidos do exterior.

Investimento longo e próspero amigos! 💎 🖖

— Capivara

PS: o fato de um índice como o FTSE Global All Cap conter ações de 9370 empresas não quer dizer que este é o número de empresas que literalmente fazem parte da cesta do VT. As gestoras de fundos podem usar diferentes métodos de replicação (replication methods) para atingir o objetivo de seguir um índice com eficiência.

Os métodos de replicação mais comuns são:

  • replicação física: quando o ETF tem todas as empresas do índice (por exemplo, CSPX e VUAA);
  • replicação por amostragem: quando o ETF tem uma parte grande o suficiente das empresas que compõe o índice para segui-lo com precisão, porém não tem todas (por exemplo, IWDA, EIMI, VWRA);
  • replicação sintética: quando o ETF usa derivativos para seguir o índice (por exemplo, SPXS da Invesco).

A maioria dos ETFs irlandeses usam replicação física ou por amostragem. Os ETFs americanos não divulgam quais métodos de replicação eles usam.

7 comentários

  1. Eu gostei desse VUAA pelo preço de entrada dele. Perguntei em um post anterior sobre algum ETF irlandes de S&P 500 de um valor de entrada acessivel. Acredito que seja este!!! Como eu procuraria um irlandes de indice NASDAQ 100 com valor de entrada mais baixo como esse?

  2. poxa eu criei conta na ibkr, mandei 20 dolares so pra testar, fui comprar o cspx, só pra descobrir q lse nao tem fracao de ação é isso mesmo? tem algum etf acumulador desse tipo que é acessivel pra aportes mais baixos, ja que nao tem fracao?
    obrigado

    1. Vitor tenho a mesma duvida!!! Eu estou de olho nesse VUAA, que está na faixa de 82 dolares (R$453 reais), não é um valor tão baixo, mas bem mais barato que outros.

    2. Tem alguns: o VUAA está na faixa de uns 84 dólares. Mas tem outros que também são neutros que custam até menos, como o SAWD que é menos de 9 dólares.

  3. Olá Capi!
    Achas que vale a pena ter uma carteira com 80% VUAA e 20% SAWD?
    O foco é sim concentrar mais no S&P500 e utilizar o SAWD como um complemento. Faz sentido?

    1. Oi William! Pra mim, faz sentido. Mas eu sou culpada de gostar do sp500, hahaha, outros discordarão. Há também o SWRD que segue o mesmo índice do SAWD, porém sem o filtro ESG, e tem uma taxa de administração menor.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.