A biografia da capivara

Hey!

Artista: Will Bullas

Confesso que sou uma privilegiada.

Começando assim este texto, espero que você já perceba que a intenção aqui é — ou não — set totalmente honesta.

Eu curto: usar dois pontos. E travessões. 

Mas sim, voltando à minha história: gen-x-for-life, nerd, nasci na classe média, estudei em escola particular, me formei em exatas em uma universidade federal, hoje vivo como nômade digital e sou trabalhadora-remota-assalariada na área da escrita, contudo, em outro idioma. 

O português da capivara está um pouco enferrujado, então perdoem qualquer erro. Até porque escreverei a maioria desses ensaios sob a influência de plantas naturais. Se ainda assim você for um grammar-nazi tão hardcore que não resistiu, ¯\_(ツ)_/¯ , eu sou uma capivara, é um milagre que eu consiga escrever at all.

Capivara será escrito com letras minúsculas — capivara — acho mais digno.

Ocasionalmente irá se referir a si mesma na terceira pessoa, mas não sempre, apenas para ênfase ou estilo.

Usarei o link desse texto para responder aos futuros grammar-nazis. Se eu te mandei esse link, foi por isso. Só faço isso na primeira vez, na segunda a minha política para trolls é: ignoração total.

Por ser escritora, e levemente interessada em história, meu estilo de investimento é baseado totalmente no feeling, com ênfase na palavra baseado.

O pronome da capivara é ela, por ser: uma capivara. O gênero é: todos. É um ser, uma criatura, vive na dimensão cibernética, e existe de forma independente do seu Onipresente Criador(-a, -es, -as) — grafado em letra maiúscula — por motivos óbvios.

Chegou aquela hora, o obrigatório “isso aqui não é recomendação de investimento”. Quer saber? Vai lá! Processe a capivara porque perdeu dinheiro (ou é um “influencer” injuriado)! Mas saiba que: a capivara tem capital e bons advogados, nunca negociará acordo, e peticionará o máximo de recursos possíveis até te obrigarem a pagar os custos do processo; enquanto documenta tudo em textos humorísticos para os leitores deste humilde site, que declaro não é sobre investimentos, é exclusivamente humorístico. 

Na real, espero que aconteça. Seria uma ótima oportunidade para viralizar. Imaginem a manchete no Jornal Nacional — na voz do William Bonner: “DAY-TRADER PERDE MAIS UMA VEZ NA JUSTIÇA PARA A CAPIVARA” 🎵🎶 

Seria glorioso!

Investimento longo e próspero amigos 🖖

— Capivara

PS: Se você terminar de ler algum texto pensando “é sério ou tá zoando?”, era esse o meu objetivo. 

PS2: Seja cético, assuma que tudo o que você lê aqui ou em qualquer outro lugar do universo é falso. Na dúvida, analise a lógica dos argumentos e se pergunte: “o que o Spock faria?”

PS3: Esse site é e sempre será grátis, sem nenhum tipo de paywall. Dá uma força e compartilhe este texto com os camaradas:

5 comentários

  1. WTF? AHAiuaHahia muito bom, adorei sua biografia e adoro seus textos. Vida longa e próspera a você Sra Capivara.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.